O Governo Brasileiro confirma as negociações para trazer uma fábrica da Tesla para o país. O Presidente Bolsonaro por meio de sua conta no Twitter afirmou que em março estará nos EUA para a negociação.

O principal articulador da proposta é o Ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes. Do mesmo modo, o deputado federal Daniel  Freitas (PSL-SC) age como intermediador do projeto.

Daniel Freitas é também o autor do PL 4.825/2019, que tem como objetivo isentar veículos movidos a eletricidade de IPI e também de imposto sobre importações. Assim também, institui incentivo fiscal à produção de tais veículos, elétricos ou híbridos.

Será que é uma boa para o Brasil ter uma fábrica da Tesla?

Quem é a Tesla?

A princípio, Tesla é uma montadora americana criada em 2003 por um grupo de engenheiros. Eles tinham a intenção de provar que carros elétricos podiam ser melhores, mais rápidos e ter melhor dirigibilidade que carros movidos a gasolina e outros combustíveis.

Além de carros elétricos, a companhia tem como foco a autonomia doméstica de energia limpa. Ela produz não só painéis solares, mas também telhados inteiros que transformam energia solar em energia elétrica.

A montadora trabalha com painéis solares e baterias auxiliares para casas e até mesmo empresas.

A Tesla acredita que quanto mais rápido deixarmos de depender de combustíveis fósseis, mais rápido vamos caminhar para um futuro sustentável.

Veja também: As algas serão o petróleo do futuro?

Montadora de carros elétricos

Dessa maneira, a Tesla procura lançar carros elétricos que sejam atrativos. Os modelos vão de sedãs, até esportivos e apresentam autonomia semelhante a carros movidos a gasolina.

wiffle tesla GIF

Atualmente a montadora possui 4 modelos principais de carros, sem contar os pré-lançamentos já anunciados. São eles os modelos X, S, 3 e Y.

Dentre esses modelos, podemos destacar principalmente o Model 3 que, para Elon Musk, CEO da Tesla, é seu Master Plan. Ou seja, seu plano de mestre. É um carro que tem como proposta principal ser acessível ao público e popularizar os carros elétricos.

Isso ocorre porque o primeiro modelo lançado, o Roadster, foi um carro esporte de alto custo e baixo volume de vendas. Logo depois foi lançado o model S, um carro de custo intermediário e volume de vendas intermediário. O mode X repetiu a fórmula de seu antecessor.

Como resultado do volume de vendas anterior, foi possível então lançar o Tesla model 3. Um carro de baixo custo e alto volume de vendas.

tesla model 3 GIF by Product Hunt

O model 3 apesar de um carro elétrico, é ainda um carro que recebe muitos elogios, até mesmo por aqueles que preferem carros movidos a outros combustíveis. É um carro que custa a partir de US$ 35.000 dólares e traz a experiência de um carro esporte, mas também elétrico.

A fábrica no Brasil

De acordo com a agenda pública do Ministro Marcos Pontes, houve uma reunião com Anderson Pacheco, engenheiro sênior de produção da companhia.

Da mesma forma, o presidente Jair Bolsonaro sinalizou uma possível missão nos EUA em março para atrair uma fábrica para o Brasil. Não se sabe ao certo a localidade da nova fábrica, mas especula-se que seja em Santa Catarina.

Veja também: 10 sinais de que a economia está melhorando.

Além das declarações do Governo Brasileiro, o próprio Elon Musk, CEO da companhia, já sinalizou que tem intenção de expandir para a América do Sul.

A expansão seria a partir da criação de estações de carregamento da Tesla, que permitiriam o usufruto de proprietários dos veículos da companhia.

“A Tesla vai começa a expandir a rede de super carregadores para a América do Sul a partir do final do próximo ano.”

Ainda mais que o projeto de lei PL 4.825/2019 tem como objetivo incentivar tanto a comercialização de veículos elétricos, como a criação de novas fábricas. Essas podem ser de automóveis ou de baterias e outras fontes de energia limpa.

E aí, o que acha da vinda da Tesla para o Brasil? Deixa ai nos comentários.

Confira também nosso artigo sobre a possível independência do Banco Central do Brasil, só clicar no botão abaixo!