Petrobrás começa a ser privatizada: entenda o processo

O STF deu sinal verde ao processo de desinvestimento e criações de subsidiárias para privatização da Petrobras.

O Supremo Tribunal Federal aprovou na quinta-feira, 01, por 6 votos a 4, a venda de refinarias subsidiárias da Petrobras sem o aval do Congresso ou licitação. A decisão, no entanto, agrada ao Governo Federal e a sua agenda privatizante, enquanto recebe críticas dos sindicatos dos petroleiros.

Ainda mais, a votação, por sua vez, saiu do pedido formulado pelas Mesas do Congresso, alegando haver indícios de desmembramento do controle acionário da empresa-matriz.

Sendo assim, a Petrobras é apontada de adotar o seguinte processo para venda de suas refinarias:

  1. Criação de uma subsidiária;
  2. Transferência de parte dos ativos, geralmente de refino, para a subsidiária;
  3. Realiza a venda do controle da empresa recém-criada sem aprovação do legislativo ou licitação.

Por que a Petrobras está vendendo seu ativos?

De acordo com o plano de investimento da petroleira, o objetivo é desinvestir entre US$ 20 bilhões e US$ 30 bilhões para investir US$ 76 bilhões em ativos de maior retorno.

Sendo assim, a maior empresa brasileira está passando por uma reestruturação. Com isso, a empresa deixará de agregar valor ao óleo cru, focando apenas na extração.

Petrobrás

Ainda mais, a companhia alega haver um elevado nível de endividamento, motivado por juros abusivos que consomem 35% do caixa gerado pelas operações.

Atualmente, estão à venda 8 das 11 refinarias controladas pela Petrobras. Entre elas:

  • Landulfo Alves (BA)
  • Presidente Getúlio Vargas (PR)
  • Abreu e Lima (PE)
  • Alberto Pasqualini (RS)
  • Gabriel Passos (MG)
  • Isaac Sabbá (AM)
  • Lubnor (CE)
  • Unidade de Industrialização de Xisto (PR).

Sindicato dos Petroleiros mostra-se contrário à medida?

Por outro lado, a Federação Única dos Petroleiros (FUP) alerta para os efeitos negativos da venda de ativos da Petrobras.

Segundo a FUP, o fatiamento da Petrobras não encontra nenhum respaldo estratégico internacional. Dessa forma, sendo justamente o contrário, onde as companhias controlam todas as fases do processo produtivo.

Ainda mais, o sindicato reforça o discurso da venda ferir a soberania nacional e colocar em xeque a autonomia na produção de combustível do país.

E você, o que pensa sobre a privatização da maior estatal do país? Conta pra gente aqui em baixo. ??

Antes de ir embora, que tal dar uma olhadinha nos nossos outros textos sobre negócios? Se quiser, clique no botão abaixo!

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior

Tudo sobre o nobel de economia 2020

Próximo

Tudo sobre o monopólio do mercado de ações brasileiro