Os últimos anos foram marcados pela ascensão digital no mundo. Juntamente com isso, o mundo financeiro também foi afetado, por exemplo, o fim do Documento de crédito (DOC) e da Transferência eletrônica disponível (TED).

Mas afinal, o que são esses termos?

Nesse post iremos te explicar o que são essas siglas e o seu substituto, o PIX. Além disso, vamos mostrar a influência das criptomoedas nessa mudança.

make it rain money GIF DOC e TED

Quer saber mais sobre essa grande mudança no mercado financeiro? Vem comigo.

O que é DOC e TED?

A maioria das pessoas já fizeram uma transferência bancária e tiveram que escolher entre DOC ou TED e provavelmente escolheu sem nem ter ideia do que se trata.

Antes de mais nada, os dois são operações para realizar transações entre diferentes bancos. Dessa forma, o DOC é usado para transferências de valores até 4.999,99.

Já o TED não tem valor mínimo ou máximo atualmente

 A diferença dos dois está na velocidade em que o dinheiro é transferido de uma conta para a outra.

No Documento de Crédito (DOC), caso a transferência seja feita até 21:59 da noite, o dinheiro será depositado na conta de destino no outro dia útil, depois desse horário, só será depositado no segundo dia útil.

Por outro lado, a Transferência Eletrônica Disponível (TED), caso seja feita antes das 17:00, o valor será creditado na conta do destinatário minutos depois. Porém, quando passa esse horário, o dinheiro só “cai” na conta no outro dia.

Money Cash GIF by Pepephone DOC TED

Mas, no mundo atual, esses intervalos de tempo para as transferências bancárias estão muito grandes, por isso, o Banco Central tomou uma medida drástica.

Juros negativos, o que são e para que servem?

Olá, PIX

O mercado de criptomoedas hoje em dia é um grande concorrente dos bancos. Um dos fatores é por causa da suas transferências serem instantâneas.

Esse é apenas um dos impactos que as criptomoedas trazem para a economia, para saber mais impactos, clique no botão abaixo.

Dessa forma, o Banco Central (BACEN) percebeu que os modelos usados no Brasil estão obsoletos, visto que as pessoas tem necessidade de transferir dinheiro em qualquer hora do dia (até de madrugada).

Diante disso, no dia 19 de fevereiro é anunciado o PIX, o substituto do DOC e do TED.

Ele irá permitir transações instantâneas feitas por QR code. Assim, as transferências bancárias conseguirão competir com o mercado de criptomoedas, já que estava ficando muito para trás.

Dessa maneira, as transações feitas em PIX serão praticamente instantâneas, durando cerca de 2 segundos apenas.

A medida será obrigatória para instituições com mais de 500.000 clientes ativos. Essa afeta cerca de 30 instituições no Brasil, que são responsáveis por mais de 90 por cento das transações brasileiras.

woah face wow GIF DOC e TED

Esse dado mostra o quão impactante essa medida será nas nossas vidas, já que nós brasileiros sofríamos quando precisávamos de um dinheirinho na hora e sua grana estava “travada”. Assim, não teremos mais esse problema.

Quando será implantado?

O novo modelo de transferências será implantado em novembro de 2020. Isso mostra que o Banco Central está andando rápido com esse novo modelo, tendo em vista que ele está previsto para pouco tempo (em uma visão macroeconômica) e que ele será obrigatório.

Isso mostra a tendência da digitalização dos bancos, que começou com os aplicativos e agora vai usar outras tecnologias, que estavam melhores os modelos antigos.

Essa medida também vem para minimizar os custos de uma transferência bancária, visto que será tudo digital.

Ou seja, menos dinheiro físico, menos mão de obra, e mais robôs para cuidar do capital para minimizar o custo.

Já fizemos um post aqui de como a inteligência artificial vai mudar o mercado financeiro daqui a dois anos, para saber mais, clique no botão abaixo.

Deixe nos comentários o que você achou dessa medida do BACEN, que irá influenciar diretamente o cotidiano das pessoas.