Você sabe o que é uma commodity? E pra que as commodities funcionam?

Pensando nisso, o BE decidiu criar o ECONOMÊS, uma série de esclarecimentos sobre termos desconhecidos usados pelos economistas. A primeira parte será sobre commodities e sua importância para a economia mundial.

Mas o que são as commodities?

Resultado de imagem para gif question

Em primeiro lugar, é preciso entender o que significa a palavra.

“Commodity” é o termo que se dá às mercadorias que são matéria-prima, ou, ainda, insumos, e são produzidas em altas escalas como, por exemplo: 

  • Arroz
  • Soja
  • Petróleo

Dessa forma, essas mercadorias são homogêneas. Isto significa que independente de quem os comercialize, as características serão sempre as mesmas.

As principais características deste tipo de mercadoria são:

  • Não possuem tanta diferença de um produtor para outro;
  • Commodities são homogêneas. portanto, as marcas também não importam tanto para o comprador;
  • São facilmente substituídas. Desta forma, um comprador pode variar de vendedor constantemente e sem muito esforço;
  • A maioria destes produtos é comercializada mundialmente. Por isso, afeta várias economias do globo;
  • São produzidas em alta escala;
  • São comercializadas em alta escala;
  • A única diferença entre os produtos é o preço.

Por outro lado, talvez seja difícil imaginar quantos produtos se encaixam nessas características.

Quais mercadorias são commodities?

Antes de mais nada, precisamos saber que uma commodity pode estar nos mais variados setores. Frequentemente, estes produtos estão concentrados nas áreas que demandam uma maior quantidade de insumos para a produção de futuros produtos. Atualmente, a mais famosa das commodities é o petróleo. Mas não é a única.

commodities

Do mesmo modo, são commodities:

  •  Gás natural
  • Soja
  • Trigo
  • Laranja
  • Minério de ferro
  • Alumínio

Qual a importância destas mercadorias para a economia mundial?

As commodities podem ser encontradas, principalmente, de forma natural. É o caso da maior parte dos produtos citados acima.

Logo, os países não precisam de uma especialização profunda da mão-de-obra para tratar estes produtos, já que estes são matérias primas, geralmente comercializadas de forma bruta.

Desta forma, países não tão ricos ainda podem exportar este tipo de mercadoria sem grandes esforços. O Brasil em 2018, por exemplo, teve as commodities como 50% de suas exportações totais.

Consequentemente, é possível observar a importância das commodities para o comércio internacional. Um dos melhores momentos para se observar isso foi durante o boom das commodities, que aconteceu no início dos anos 2000.

A América Latina foi uma das regiões que mais aproveitaram o fenômeno, diminuindo sua pobreza e, em alguns casos, até mesmo suas taxas de inflação.

Portanto, é sempre necessário entender como diferentes categorias de mercadorias afetam nossas vidas e a economia do nosso país.

📚💸 O Boletim Econômico é uma iniciativa de estudantes para estudantes. Por isso, se gostou do post, compartilhe com seus amigos e deixe-nos saber!