Âncora cambial: o que é e por que importa para a economia?

Os países no momento em que utilizam de ferramentas de política econômica enfrentam alguns tradeoffs. Dessa forma, podemos dizer que os governos têm de tomar decisões e arcar com as consequências, sejam elas boas ou ruins.

A política cambial é utilizada pelos países para controlar o valor de suas moedas frente às moedas estrangeiras. A princípio, utilizamos comumente o Dólar como moeda referência para tais políticas por ser a moeda mais forte do mundo.

Nesse post vamos te falar o que é âncora cambial, como os países adotam essa política econômica e quando ela foi utilizada no Brasil.

O que é política cambial?

Antes de mais nada, é importante aprender os conceitos principais por trás de uma política econômica ou apenas relembrá-los. 

As políticas cambiais são medidas tomadas, no nosso caso, pelo Banco Central, que determina o valor do Real frente as outras moedas internacionais. Elas podem tanto ser para “valorizar” a moeda, quanto para “desvalorizar” a moeda em relação à moeda referência.

Acontece de a moeda referência muitas vezes ser o Dólar, isso na maioria dos países.

Em síntese, isso significa que ela é a cédula mais forte da economia, e o porto seguro para onde os investidores correm nos períodos de incerteza, como foi desde o início da pandemia.

paid pay day GIF Âncora Cambial

• Veja também: O que são políticas monetárias?

Quais os tipos de políticas cambiais? 

Assim como as políticas monetária e fiscal, a cambial possui seu “arsenal” de ferramentas para então colocar em prática o plano econômico do país. 

São essas ferramentas que de fato causam impacto na economia. Dessa forma, podemos citar ferramentas semelhantes de política fiscal, que podem ser tanto expansionistas ou contracionistas, que definem o nível de gastos do governo.

Por outro lado, temos as políticas monetárias contam com alterações na taxa de juros, alteração dos depósitos compulsórios, entre outros. 

No caso das cambiais, possuímos 3 políticas diferentes:

  • Câmbio Flutuante;
  • Câmbio Fixo;
  • Banda Cambial.

Câmbio Flutuante

câmbio flutuante é um tipo de política em que o valor da moeda em relação as outras é livre. Ou seja, mesmo que o Banco Central compre ou venda dólar por exemplo, o valor do real em relação ao dólar é dado pela quantidade de dólar da economia.

Câmbio Fixo

Por outro lado, o câmbio fixo é uma política monetária muito presente em países que sofrem uma grande influência estatal. Nela os bancos centrais determinam quanto a moeda do país vai valer frente as outras demais.

Banda Cambial

A banda cambial é uma espécie de câmbio misto. O “valor” da moeda corrente é determinado pelo mercado como no regime de câmbio flutuante, mas existem bandas cambiais que regular onde esse valor pode chegar.

O que é a Âncora Cambial?

Dessa forma, a conhecida âncora cambial é um mecanismo de política econômica através do qual o governo fixa a taxa de câmbio com a intenção de “proteger” a economia do aumento generalizado dos preços. 

Esse mecanismo foi utilizado nos primeiros anos do plano real, em que o governo iniciava sua recuperação depois de anos de hiperinflação. A cotação do real foi levada ao extremo, ficando acima do dólar (o dólar chegou a valer R$ 0,82 real).

Isso fez inicialmente com que o preço dos produtos importados diminuísse, impedindo o aumento dos preços dos produtos nacionais.

Da mesma forma, causou uma redução no crescimento de alguns preços vinculados a alguns índices de preços sensíveis ao dólar. 

O nome “Âncora Cambial” é dado exatamente pelo efeito de “segurar” os preços.  Por outro lado, existem desvantagens de tal política caso seja utilizada por muito tempo.

No caso brasileiro, o que aconteceu foi a destruição do parque industrial do país nas vendas internas e exportações. Também ocorreu um aumento muito alto das importações, causando um rombo nas contas externas.

anchor GIF âncora cambial

Gostou do texto? Compartilhe com seus amigos.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior

Saiba tudo sobre a Black Friday dos investimentos

Próximo

O que a crise no Amapá representa para todo o país?