O que é economia e por que é importante?

Olá leitor! Seja bem-vindo! Se eu te perguntar, você saberia definir o que é economia e o motivo dela ser tão importante para as pessoas?

 Por definição, sabemos que a economia é o estudo de como os humanos tomam decisões diante da escassez.

Ou seja, decisões que podem ser de caráter pessoal, inerentes as famílias, decisões sobre negócios e até mesmo as decisões em âmbito social.

Vem com a gente entender melhor tudo isso!

O problema da escassez

Antes de mais nada, se você olhar ao redor com cuidado, verá que a escassez é um fato da vida. 

Nesse sentido, definimos que escassez significa que os desejos humanos por bens, serviços e recursos excedem o que está disponível. Recursos, como mão-de-obra, ferramentas, terra e matérias-primas são necessários para produzir os bens e serviços que queremos, mas existem em oferta limitada.

Para além disso o último recurso escasso é o tempo: todos, ricos ou pobres, têm apenas 24 horas no dia para ganhar renda para adquirir bens e serviços, para o lazer ou para dormir.

Dessa forma a qualquer momento, há apenas um número finito de recursos disponíveis.

Contudo se você ainda não acredita que a escassez é um problema, considere o seguinte: Todos precisam de comida para comer? Todos precisam de um lugar decente para morar? Todos têm acesso à saúde?

Em todos os países do mundo, há pessoas famintas e sem-teto que precisam de cuidados de saúde, apenas para se concentrar em alguns bens e serviços críticos.

Tudo isso acontece devido a escassez. Vamos nos aprofundar um pouco mais no conceito de escassez, porque é crucial entender a economia.

Escassez X Consumo

Pense em todas as coisas que você consome: comida, abrigo, roupas, transporte, cuidados de saúde e lazer. Como você adquire esses itens? Você mesmo não os produz. Você os compra. Como você paga as coisas que compra? Você trabalha por um salário.

Se você não fizer isso, alguém faz em seu nome. No entanto, a maioria de nós nunca tem renda suficiente para comprar todas as coisas que queremos. Isso é por causa da escassez. Então, como resolvemos isso?

Toda sociedade, em todos os níveis, deve fazer escolhas sobre como usar seus recursos.

As famílias devem decidir se gastam seu dinheiro em um carro novo ou férias. As cidades devem escolher se devem colocar mais do orçamento na polícia e proteção contra incêndios ou no sistema escolar.

Dessa forma na maioria dos casos, não há dinheiro suficiente no orçamento para fazer tudo. Como usamos nossos recursos limitados da melhor maneira possível, ou seja, para obter o máximo de bens e serviços que pudermos?

O que fazer?

Há algumas opções. Primeiro, cada um de nós poderia produzir tudo o que cada um consome. Alternativamente, cada um de nós poderia produzir um pouco do que queremos consumir, e “negociar” para o resto do que queremos.

Por que cada um não produz todas as coisas que consumimos? Pense no início da sociedade, quando as pessoas sabiam fazer muito mais do que fazemos hoje, desde a construção de suas casas, até o cultivo de suas plantações, à caça de alimentos, à reparação de seus equipamentos.

Todavia como a maioria de nós não sabe como fazer tudo – ou qualquer outra – dessas coisas, mas não é porque não pudemos aprender. Pelo contrário, não precisamos. A razão é algo chamado de divisão e especialização do trabalho, uma inovação de produção apresentada pela primeira vez por Adam Smith em seu livro, A Riqueza das Nações.

Por que estudá-la?

Por fim, agora que você tem uma visão geral sobre o que a economia estuda, vamos discutir por que você está certo em estudá-la. Economia não se trata de uma coleção de fatos para decorar, embora haja muitos conceitos cruciais para aprender.

Em vez disso, pense nela como uma coleção de perguntas para responder ou quebra-cabeças para trabalhar. Mais importante, a economia fornece as ferramentas para resolver esses quebra-cabeças.

Aliás se o “bug” da economia ainda não te mordeu, há outras razões pelas quais você deve estudar economia.

  • Praticamente todos os grandes problemas que o mundo enfrenta hoje, do aquecimento global à pobreza mundial, aos conflitos na Síria e Afeganistão, tem uma dimensão econômica. Se você vai fazer parte da resolução desses problemas, você precisa ser capaz de entendê-los. Economia é crucial;
  • O valor da economia para a boa cidadania. Você precisa ser capaz de votar de forma madura sobre orçamentos, regulamentos e leis em geral;
  • Uma compreensão básica da economia faz de você um pensador sensato. Quando você lê artigos sobre questões econômicas, você vai entender e ser capaz de avaliar o ponto de vista do escritor. Quando você ouvir colegas de classe, colegas de trabalho ou candidatos políticos falando sobre economia, você será capaz de distinguir entre senso comum e absurdo. Você encontrará novas formas de pensar sobre os eventos atuais e sobre decisões pessoais e de negócios, bem como eventos atuais e política.

O estudo da economia não dita as respostas, mas pode iluminar as diferentes escolhas.

Deixe nos comentários sua visão sobre economia. Até a próxima.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior

A História das favelas

Próximo

Conheça as 5 séries mais caras já produzidas