Alguns dias atrás, o fundador da Amazon, Jeff Bezos alcançou a impressionante fortuna de 200 bilhões de dólares.

Ele conseguiu isso através da gigante Amazon. Porém, você sabe a trajetória da empresa para se tornar a maior do mundo?

No texto de hoje, o BE irá te contar tudo. Continue lendo.

O início de tudo

Primeiramente, vamos falar como a Amazon foi fundada. A empresa começou em uma garagem. Eu sei, isso chega até ser um clichê, mas foi exatamente isso que aconteceu.

Jeff Bezos fundou a empresa na garagem de sua casa e, no início, ele vendia livros usados e tinha o nome de Cadabra.

Porém, o nome soava muito parecido com cadáver (vai entender), e então ele foi convencido de trocar o nome.

Dessa forma, ele queria que sua empresa tivesse o nome do maior rio do mundo, e estamos falando do rio Amazonas, que grande parte da sua extensão se encontra no Brasil.

É importante ressaltar que a empresa já começou, em 1994, como um site de varejo, um pouco parecido com o que é hoje.

Dessa forma, a empresa já foi destaque quando no seu primeiro mês de funcionamento, que enviou encomendas para os 50 estados dos EUA e para 48 países diferentes.

Veja a foto do primeiro escritório da Amazon, a gigante do e-commerce -  Pequenas Empresas Grandes Negócios | Startups

A abertura de mercado da Amazon

Com o ritmo que a empresa estava tomando, não demorou muito para ela abrir suas ações na bolsa de valores americana. Nessa perspectiva, uma empresa põe uma parte dela mesma a venda e com isso as pessoas a compram através de ações, ela faz isso para arrecadar mais dinheiro sem tomar empréstimos, por exemplo.

Dessa maneira, as ações da Amazon custaram, inicialmente, 18 dólares. Já no fim do mesmo dia de abertura, essas ações valiam 24 dólares. Assim, a empresa lucrou 54 milhões de dólares.

Hoje, a empresa é a maior do mundo e suas ações valem 3.532,00 dólares, aproximadamente.

Olha a valorização dela entre 1997 até 2020.

amazon design GIF

• Veja também: Quais são os 10 livros de economia vendido na Amazon?

A expansão da empresa

Dessa forma, a Amazon começou a se expandir para o mundo e a vender mais tipos de produtos. Até o dado momento, a empresa só vendia livros.

Em 1998, a empresa abriu seus primeiros sites internacionais no Reino Unido e na Alemanha, sites que fizeram sucesso rapidamente, e foi crescendo de maneira até natural e chegando a quase todos lugares do mundo.

Porém, nos dias de hoje, a Amazon não é só a loja de ecommerce mais. Dessa forma, a empresa está atuando em vários mercados diferentes.

A Amazon Prime Video é uma das maiores da indústria do entretenimento, a plataforma de streaming Twitch também é de posse da empresa, armazenamento de dados, inteligência artificial (Alexa), sem abandonar os livros através do Kindle.

Assim, uma empresa que começou na garagem de uma casa, hoje é a maior do mundo, e seu CEO e fundador, o homem mais rico do mundo.

anyone selling GIF Amazon

• Veja também: Magazine Luiza está prestes a se tornar a Amazon brasileira?

Por que é difícil de acontecer no Brasil?

Como citado anteriormente, é até um clichê empresas que começam na garagem de casa, como por exemplo, a Apple e a Amazon.

Porém, não ouvimos muitas histórias assim no Brasil, e isso tem alguns motivos.

O primeiro deles é o custo de se abrir uma empresa no país. O Brasil é um dos países mais difíceis de se abrir uma empresa no mundo.

Se você quiser saber mais sobre isso, clique no botão abaixo.

Outro motivo é a falta de incentivo para se abrir uma empresa. Nosso sistema educacional infelizmente preza pelo caminho da escola, vestibular, faculdade e emprego, é muito difícil ver uma escola incentivar o empreendedorismo.

Com esses fatores, se torna muito complicado de ter tantas histórias de sucessos aqui.

Gostou do texto? Conte para a gente aqui nos comentários.