Devido às medidas restritivas para a contenção da pandemia do novo coronavírus, muitas empresas reduziram seu funcionamento. 

A baixa circulação das pessoas, da produção e do consumo fizeram com que diversos estabelecimentos fechassem suas portas. 

Em meio a isso, o Ministério da Economia registrou um número crescente de abertura de empresas comparado ao mesmo período do ano passado. 

Quer entender mais? Continue lendo.

Apesar da pandemia, abertura de empresas cresce 6% em julho | 98FM

Empresas crescem, fechamentos recuam 

Sendo assim, segundo os dados de janeiro a agosto de 2020, o Ministério da Economia registrou:

  • A abertura de 2,152 milhões de empresas;
  • E o fechamento de 638.750.

Esses números demonstram um aumento de novos estabelecimentos de 0,5% e queda de 14,5% no encerramento em relação ao mesmo período de 2019.

Além disso, segundo o secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Gleisson Rubin, os resultados foram afetados pela pandemia principalmente nos meses de abril e maio, chegando a menor média histórica de abertura nesse período.

Assim, Rubin lembra a diferença entre suspensão das atividades e encerramento formal, afirmando que como há uma grande burocracia para se fechar, geralmente, esse processo é retardado. 

Todavia, nos períodos de abril, maio e junho, o número de abertura de empresários individuais chegou a 944.469, o que se traduz em um aumento de 2,9% em relação a janeiro, fevereiro e março.

Desse últimos dados, 79,8% são de microempreendedores individuais (MEI).

Não sabe quem faz parte dos MEI? São aqueles que trabalham por conta própria e legalizam sua atividade. Ex.: pintores, cabeleireiros, mecânicos. 

Você sabia que, hoje em dia, há 13.783.503 empresários individuais ativos no país?

Somado a isso, ainda pode ser analisado o tempo de abertura médio das empresas. 

Dessa forma, o tempo para período de abril a junho, foi de 2 dias e 21h (redução de 25,8% em comparação aos três meses anteriores).

  • Goiás registra o menor tempo: 1 dia e 1h
  • Bahia registra o maior tempo: 7 dias e 18h

Entenda como o país está retomando a economia

Lei da Liberdade Econômica

Lei da Liberdade Econômica é aprovada em Passo Fundo - Lócus

Do mesmo modo, esses resultados dos estabelecimentos fazem parte do caminho que o Brasil vinha tomando com a Lei da Liberdade Econômica. 

Esta desburocratiza processos, estimula o empreendedorismo, privilegiando a livre iniciativa e a livre concorrência

Por outro lado, essa liberdade é ameaçada com as grandes intervenções estatais devido ao novo coronavírus para a recuperação e retomada da economia. 

Quer entender mais sobre essa lei? Leia nosso texto. 

É importante lembrar que esse cenário não anula as diversas consequências negativas que a pandemia gerou para a maioria da população brasileira que é marcada por um nível de vulnerabilidade alto. 

Gostou do texto? Não esqueça de compartilhá-lo!