5 músicos que mais movimentam dinheiro no mundo

De acordo com a Statista, em 2020 apenas a indústria musical movimentou um valor aproximado a US$ 59,4 bilhões. Isso durante o período de distanciamento social por conta da pandemia do COVID-19.

Nos últimos anos esse valor que tem aumentado cada vez mais, com projeções de alcançar a marca de US$ 65,1 bilhões em 2023.

Contudo, quais foram os cinco músicos que tiveram maior participação neste valor nos últimos dez anos? E qual foi sua participação? Por isso artigo de hoje do BE vai te responder essas perguntas.

Vamos lá?

5. BEYONCÉ

Em quinto lugar temos Beyoncé Giselle Knowles-Carter, que nasceu em 4 de setembro de 1981 em Houston, no Texas, EUA. Em primeiro lugar ganhou fama participando do grupo Destiny’s Child, formado em 1997 em sua cidade natal. De acordo com a Columbia Records o grupo vendeu 60 milhões de discos entre 1997 e 2006, seus anos de atividade.

Beyoncé durante sua apresentação no Coachella, em 2018.

Beyoncé lançou seu primeiro álbum solo, Dangerously in Love” em 2003 e desde então vendeu 118 milhões de discos distribuídos entre seus seis álbuns. Seu último álbum lançado até agora foi o “Everything is Love”, lançado em 2018 em parceria com seu marido, Jay-Z, que está em oitavo lugar na lista da Forbes.

Além de atriz, Queen B, como é chamada pelos fãs, também é compositora, atriz, modelo, dançarina, empresária, produtora, diretora e roteirista.

Em março de 2021 ela ganhou título de artista feminina mais premiada pelos Grammy, tendo levado quatro estatuetas apenas esse ano. Assim como foi eleita melhor artista de turnês da década pela revista Pollstar.

“Brown Skin Girl” ganhou o Grammy de Melhor Vídeo de Música em 2021.

Por fim nos últimos dez anos Beyoncé recebeu sozinha o valor de US$ 543 milhões, segundo a Forbes. Sendo que apenas a “Formation World Tour”, de 2016, arrecadou sozinha US$250 milhões.

4. DIDDY

Em seguida temos Sean John Combs, ou simplesmente Diddy, nascido na cidade de Nova York em 4 de dezembro de 1969. Ele atua como rapper, produtor e executivo musical, compositor e empresário.

Diddy em 2018.

Analogamente ele possui sua própria marca de roupas, a Sean John Clothing, desde 1998, cuja venda de um terço dela gerou um lucro de US$ 70 milhões. Assim como sua própria gravadora, a Bad Boy Records, fundada em 1993 que atualmente ligada à Epic Records (nos EUA) e à Sony Music (mundialmente).

Ele começou sua carreira em 1988, como estagiário da Uptown Records, onde atuou como Diretor de Talentos e ficou até 1993, ano que foi demitido e fundou sua própria gravadora. Contudo apenas lançou seu primeiro álbum, “No Way Out”, em 1997, sob o nome Puff Daddy. Seu primeiro single, “Can’t Nobody Hold Me Down” alcançou o topo da Billboard Hot 100 e ficou na parada por 28 semanas.

Atualmente ele acumula três estatuetas do Grammy, sendo a última de 2004, quando ganhou “Melhor Performance de Rap por uma Dupla ou por um Grupo” junto a Nelly e a Murphy Lee.

“Shake Ya Tailfeather” que lhe rendeu o Grammy em 2004.

Assim nos últimos 10 anos recebeu o total US$ 576 milhões, porém a grande maioria não é diretamente ligada a sua carreira musical, mas também às demais atividades que exerce e suas empresas.

3. ELTON JOHN

O único britânico da lista, Sir Elton Hercules John nasceu em Londres, capital britânica, em 25 de março de 1947. Em 1964 entrou no grupo “Bluesology”, contudo saiu em 1967, ano que iniciou sua carreira solo. Atualmente ele conta com 32 álbuns de estúdio, tendo vendido mais de 300 milhões de discos. Seu primeiro álbum foi o “Empty Sky” lançado em 1969.

Elton John com seu Oscar em 2020.

Durante sua longa carreira, o cantor, compositor, pianista e produtor acumula um total de 32 indicações ao Grammy, levando cinco estatuetas para casa. Além de ter vencido outras premiações importantes como o Brit Awards, o “Grammy” britânico.

Bem como prêmios da indústria cinematográfica, como Globo de Ouro, Tony Awards e dois OSCAR, ambos na categoria “Melhor Canção Original”. O primeiro deles em 1994 com “Can You Feel The Love Tonight” para trilha sonora de Rei Leão. E por fim (I’m Gonna) Love Me Again” em 2020, música feita para seu filme biográfico, “Rocketman” em 2020.

(I’m Gonna) Love Me Again” que lhe deu o Oscar em 2020.

Assim, apenas em 2019 o inglês ganhou US$ 84 milhões devido não apenas ao lançamento de “Rocketman”, mas também sua turnê de despedida, #EltonFarewellTour. Por fim, nos últimos dez anos ele recebeu um total de US$ 645,5 milhões, o que garantiu a ele a terceira posição em nossa lista.

2. TAYLOR SWIFT

Logo depois, na segunda posição temos Taylor Alison Swift, cantora, compositora, instrumentalista, produtora, atriz e diretora nascida em 13 de dezembro de 1989 em West Reading, Pensilvânia.

Seu primeiro álbum, autointitulado “Taylor Swift” foi lançado em 2006 e nesse meio tempo a cantora lançou outros oito álbuns de estúdio. Além de ter lançado de regravações dos álbuns “Fearless” (2008) e “Red” (2012) em 2021.

Taylor Swift em 2020.

Os lançamentos dos álbuns “Folklore” e “Evermore” em julho e dezembro de 2020, respectivamente, tiveram grande impacto na carreira da cantora, que quebrou diversos recordes. De acordo com a Billboard, Taylor conseguiu implacar 27 músicas em seu Top10, destas, 7 alcançaram o primeiro lugar. Ademais, a cantora também ganhou o título de cantora mais vista do YouTube.

Taylor também conta com 11 estatuetas do Grammy, sendo 3 delas de “Álbum do Ano” com “Fearless” em 2010, “1989” em 2016 e “Folklore” em 2021, atual vencedor do prêmio.

“Cardigan” do álbum “Folklore”.

Em suma, a cantora nos últimos dez anos recebeu um total de US$ 743,5 milhões, além de ter conseguido encabeçar o ranking nos anos de 2016 e 2019, quando recebeu US$ 170 milhões e US$ 185 milhões respectivamente.

1. DR. DRE

Enfim temos Andre Romelle Young, o Dr. Dre, na primeira posição. Nascido em 18 de fevereiro de 1965 em Compton, Califórnia, ele é rapper, escritor, engenheiro de áudio, produtor musical e empresário.

Dr. Dre em 2021

Dessa forma, Dr. Dre iniciou sua carreira em 1985, tendo participado do grupo World Class Wreckin’ Cru em Los Angeles, durante meados da década de 1980, tendo lançado dois álbuns junto ao grupo. Logo depois de sua saída, integrou a formação original do N.W.A, com quem lançou quatro álbuns entre 1987 e 1991.

Contudo foi apenas em 1992 que lançou seu primeiro de seus três álbuns solos, chamado “The Chronic”. Mas Andre sempre teve uma atuação mais extensiva na produção musical, fazendo que um total de três de suas seis estatuetas do Grammy tenham sido por seu trabalho nesta área.

Em 2010, Dr. Dre ganhou o Grammy de Melhor Performance de Rap por uma Dupla ou por um Grupo” junto aos rappers Eminem e 50 Cent.

Assim sendo, nos últimos dez anos Dr. Dre ganhou o valor de US$ 811 milhões, acumulados sobretudo em 2014, ano mais rentável de sua carreira quando recebeu US$ 620 milhões. Também foi neste mesmo ano que vendeu sua empresa de fones, Beats para a Apple por US$ 3 bilhões.

Gostou do conteúdo? Então envie para os amigos e nos deixe comentários!

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior

Como funciona para abrir uma empresa no Brasil?

Próximo

O que é o embargo econômico de Cuba?