El Salvador adotou o bitcoin como moeda oficial?

Você sabia que El Salvador se tornou o 1º país a adotar o bitcoin como moeda oficial? Não?

Em primeiro lugar, a aprovação da chamada Lei do Bitcoin ocorreu em junho deste ano e causou um grande fuzuê nas redes sociais e nos noticiários.

Diante disso, o Boletim irá trazer:

  1. As motivações do governo para esta adoção;
  2. Os protestos populares e;
  3. Os detalhes sobre o que ocorreu no dia da estreia!

E aí, ficou curioso? Então se liga no texto de hoje!

A economia de El Salvador e o Bitcoin

A economia de El Salvador se destaca na produção de camarão, de café e de cana-de-açúcar, que ocupam o top 3 da lista de artigos exportados.

Por outro lado, a esfera industrial não é muito forte. Desse modo, atua nos setores de alimentos, bebidas, petróleo, tabaco e têxtil. Ainda mais, com a produção de móveis e cimento.

O bitcoin, moeda mais negociada em todo o mundo, acumula um valor de mercado acima de US $1 trilhão. Contudo, mesmo com tal reconhecimento, a criptomoeda ainda possui uma oscilação elevada.

Para a adoção do plano, o governo defende que o uso do bitcoin será capaz de gerar uma redução de US $400 milhões, cerca de 2,1 bilhões de reais, por ano. Isso porque irá atuar em cima dos custos das taxas de transações sobre os recursos recebidos do exterior.

Aqui, vale lembrar que a economia salvadorenha depende de forma significativa das remessas vindas de fora. Como exemplo, cabe citar o dinheiro enviado por pessoas nascidas no país, mas que moram fora, para suas famílias.

Entretanto, levando em conta dados do Banco Mundial, a BBC estima que o valor seja, na verdade, próximo a US$170 milhões (R$900 milhões).

De qualquer modo, com essa lei, os comércios do país devem aceitar o bitcoin como pagamento quando este for oferecido.

O presidente de El Salvador, Nayib Bukele, afirmou pelo Twitter que a cripto não será obrigatória para os cidadãos.

Nesse sentido, no dia de lançamento, Bukele ofereceu incentivos para a utilização do aplicativo, o Chivo. Assim, quem baixou o app recebeu US$ 30 (R$158,00) em bitcoin.

Os protestos populares

A escolha de tornar o bitcoin uma moeda oficial não agradou os cidadãos de El Salvador. Por conseguinte, as ruas foram tomadas por protestantes desde junho de 2021, mês em que foi aprovada a Lei.

De acordo com uma pesquisa feita pela Câmara de Comércio e Indústria de El Salvador, o receio do povo ocorre por dois motivos em destaque:

  1. Por não saber como a nova moeda funciona e;
  2. Pela preocupação com o estado volátil do bitcoin.

Além disso, segundo Walter Franco, professor do IBMEC (Instituto Brasileiro de Mercados e Capitais), a sociedade precisa passar por um processo comum de aceitação. O que seria alcançado por meio de:

  • regulações correspondentes às regras dentro do Banco Central;
  • facilidades para transações financeiras e;
  • métodos de investimento, poupança e segurança.
El Salvador bitcoin moeda oficial

Diante disso, vale dizer que as soluções econômicas, para serem adotadas, devem ser claras, e não gerar mais dúvidas. Isso porque um cenário incerto prejudica o consumo, ou seja, o comércio e as indústrias.

Por fim, um outro fator para a desconfiança com o bitcoin seria a possibilidade deste alimentar atividades ilícitas.

A estreia e a queda do bitcoin

No dia 07 de setembro ocorreu a estreia do BTC como moeda oficial. Dessa maneira, como efeito imediato, a cripto alcançou US$52.660 (R$277 mil).

Contudo, logo em seguida a cotação chegou a cair mais de 10%, passando para US$ 43 mil (R$227 mil). Isto é, seu nível mais baixo em quase um mês.

Algumas das razões seriam os relatos dos cidadãos de El Salvador no que diz respeito aos problemas de download da carteira digital criada pelo governo.

Nesse sentido os servidores, por não suportarem todos os pedidos de registros de usuários, foram desligados.

Ainda mais, empresas como Apple e Huawei não aderiram à carteira.

Enfim, a recuperação

Ao longo do dia, o Chivo começou a aparecer em mais plataformas, como Starbucks e McDonald’s.

Desse modo, ao final desse momento histórico, a cripto confirmou sua atividade operacional em larga escala e, após alguns dias instáveis, atingiu seu melhor nível em meses.

Gleici Retorno / Bbb 18 / Paula / Jéssica / Chocada / Passada / Boca Aberta GIF - Shocked Shook Bbb18 GIFs
“vocês não imaginam o prazer que é estar de volta”

Diante disso, confirma-se que, na mesma semana de estreia, a cripto chegou a ser cotada em US$45.626 (R$240 mil).

Este valor é 61% maior do que aquele do início de 2021. Ainda mais, permanece próximo ao preço apresentado em maio, quando chegou a US$46.415.

Após esse cenário, passou por quedas de mais de 30% por conta de preocupações energéticas e o episódio do Elon Musk.

O Boletim possui um texto sobre esse ocorrido, para saber mais:

Bem, retomando El Salvador, a oficialização do bitcoin permitiu que seus fundamentos de longo prazo fossem reforçados, o que influenciou uma potencial valorização.

Segundo a Glassnode, empresa de análise de dados de blockchains, o número de carteiras com alto volume de BTC cresceu após a estreia.

Outro aumento corresponde às plataformas de negociação de derivativos futuros da cripto, como a Bitstamp. Assim, ocorrem apostas de valorização da moeda no curto prazo, o que se opõe às apostas de baixa.

Por fim, cabe lembrar que a troca monetária de El Salvador não foi a primeira a ser feita no país. Em 2001, o governo desativou a moeda local – colon – e passou a adotar o dólar.

Nesse contexto, pode-se esperar que, caso tenha maiores dificuldades econômicas, ou que não siga os planos do governo, esta decisão pode ser revista.

E então, qual a sua opinião sobre a adoção do bitcoin como moeda oficial? É amor ou é cilada?

Envie para os amigos e comente nosso texto! Obrigada e até a próxima!

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior

Entenda os Partidos Pirata

Próximo

Atos de 7 de setembro: entenda o que aconteceu