Alguns termos utilizados pelos economistas e jornalistas, como inflação, fogem do conhecimento do público em geral. Além disso, outros termos relacionados à inflação ainda são mencionados:

  • Deflação;
  • Desinflação.

Diante disso, é de suma importância o conhecimento desses conceitos econômicos. Diferente do que muitas pessoas imaginam, são conceitos de simples compreensão.

Nesse post vamos te explicar os conceitos de inflação, deflação e desinflação. Ainda mais, a diferença entre eles e como aplicar eles no seu dia-a-dia para fazer a melhores escolhas.

Para que servem esses conceitos?

A princípio, uma das funções dos economistas é analisar o desempenho da economia. Para que isso aconteça, existem diversos instrumentos para mapear a atividade econômica.

Dessa forma, um dos principais instrumentos utilizados para analisar o nível de atividade econômica é o IPCA (Índice de Preços do Consumidor Amplo).

O que é esse índice? Ele nada mais é do que o cálculo da variação de preços da “cesta” de bens e serviços consumidos pelas famílias que recebem de 1 a 40 salários mínimos.  Essa cesta contém os principais produtos consumidos por essas famílias. 

A cesta de bens que o IBGE considera para o cálculo do IPCA está sempre sujeita a alteração, por que sempre existem novos bens na economia. Da mesma forma, existem bens que não são mais comercializados ou não têm mais tanta relevância.

Assim, o cálculo do IPCA leva em conta a variação do preço desses bens e serviços. A partir do IPCA, temos o cálculo da taxa de inflação. 

O que é inflação?

Dessa forma, temos que a inflação é o aumento generalizado dos preços calculados pelo IPCA.

A inflação é causada muitas das vezes pelo aumento do nível de atividade da economia, as pessoas começam a comprar mais (demanda aumenta) e as empresas têm que produzir mais (aumento da oferta), causando então a elevação dos preços.

Semelhantemente, a inflação pode ser causada por aumento dos gastos públicos e pode ser inercial, quando as pessoas preveem mais inflação no futuro e aumentam seus gastos. Outros fatores podem ser: 

  • Existência de monopólios;
  • Altos custos de produção; 
  • Baixo nível de produção.

O que é deflação?

Por outro lado, a deflação ocorre quando os preços gerais da economia diminuem. É basicamente o contrário da inflação.

Isso ocorre porque as pessoas podem estar consumindo menos. Pode ser consequência da baixa atividade da economia, as pessoas sabendo que os preços estão abaixando, postergam suas compras.

Inflação gifs

Por exemplo, em 2020 com a crise do COVID-19, o Brasil sofreu deflação (pela falta de consumo).

O que é desinflação? 

Diferente da deflação, a desinflação ocorre quando a inflação diminui e a elevação dos preços ocorre em ritmo lento. Ou seja, quando acontece uma subida dos preços menor que a esperada.

A desinflação é um cenário muitas vezes melhor que o da deflação, uma vez que deflação pode significar um período de recessão na economia.

📚💸 O Boletim Econômico é uma iniciativa de estudantes para estudantes. Por isso, se gostou do post, compartilhe com seus amigos e deixe-nos saber votando e comentando abaixo!