Onde os economistas podem trabalhar? | Boletim Econômico

Subscribe Now

* You will receive the latest news and updates on your favorite celebrities!

Trending News

Educação

Onde os economistas podem trabalhar? 

Provavelmente ao longo da vida você já ouviu economistas falando nos jornais sobre crises econômicas, expectativas para comércio mensal, política…

Ainda mais, você pode pensar em um profissional que fica em uma sala analisando gráficos e observando a paisagem de Nova York. Esse é o segundo esteriótipo mais comum: o economista como um investidor da bolsa.

Porém, você sabe realmente onde os economistas podem trabalhar? Além do governo, onde esse profissional atua?

Muitas pessoas que pretendem seguir essa área geralmente não sabem quais as outras opções de emprego existem para o economista.

Mas, antes de tudo…

O que é Economia?

Quando falamos sobre o que é Economia a maioria das pessoas pensa em Dinheiro, Mercado Financeiro, Ações… E errados não estão!

Porém, a economia vai muito além disso. Ela estuda o Comportamento das pessoas e como elas tomam Decisões.

Agora, imagine estudar como todas as pessoas no mundo tomam decisões a todo momento. São tantas escolhas que fazemos a cada minuto, que seria impossível sequer analisar os “porquês” das decisões de todos.

A Ciência Econômica, portanto, parte do pensamento de que as pessoas têm Desejos Ilimitados. Pense em como cada um de nós nunca está satisfeito com o que tem. Queremos uma casa maior, o carro do ano, uma TV de 72 polegadas para assistir um jogo de futebol…

Por outro lado, os recursos que temos para atender esses desejos são escassos. Pode ser a Falta de Dinheiro que nos impede ou talvez a Falta de Tempo.

Como um estudante universitário, não tenho dinheiro nem tempo. Mas isso não vem ao caso agora.

No que implicam os Recursos escassos?

Diante disso, as famílias vivem todo o mês com um salário e as 24 horas que têm no dia, que limitam o que podem comprar

Logo, o desafio que as pessoas enfrentam é o de comprar apenas aquilo que sua renda permite dentro de um certo período.

Economistas

A economia, então, é a responsável por estudar como alocar esses recursos escassos para trazer maior bem-estar para as pessoas. Tendo em vista os desejos ilimitados e os recursos limitados que temos.

Por isso, a economia é considerada uma ciência social aplicada, porque mesmo trabalhando com números, ela estuda o comportamento das pessoas.

Afinal, o que fazem os economistas?

Os economistas são, portanto, os profissionais que de fato estudam como as pessoas fazem suas escolhas. E, principalmente, como essas escolhas afetam a vida de outras pessoas.

Isso envolve muito mais que suposição. O economista estuda o funcionamento da economia como um todo. Principalmente a maneira como os três agentes econômicos interagem entre si. São eles:

  • Famílias
  • Empresas
  • Governo

Mais para frente no estudo econômico, incluímos o Mercado Externo. Ou seja, a relação dos agentes econômicos de um país com o resto do mundo.

Onde os economistas trabalham?

Todas as atribuições dos economistas permitem que ele trabalhe tanto no setor público quanto no setor privado. Listamos as 10 principais áreas de atuação de um economista:

1 – Viabilidade econômica de projetos

Os economistas ficam então responsáveis pelos estudos de mercado e comercialização, análise de custos e receitas, também da demanda e escala do projeto.

Da mesma forma, o profissional de economia avalia as fontes financeiras da empresa, local de realização do projeto e margem de lucro.

Onde economistas podem trabalhar?

2 – Mercado financeiro

A princípio, como foi dito na introdução do texto, esse é um dos maiores esteriótipos dos economistas.

O economista pode atuar no setor bancário, fazer estudos de mercado para avaliar a concorrência e estudos para atrair novos clientes.

Outra função que podemos destacar é a de corretor, onde o profissional está apto analisar o mercado de ações e gerenciar carteiras de investimento.

3 – Empresas

Nas empresas os economistas podem atuar na análise de dois diferentes ambientes: Macroeconômico e Microeconômico.

Dessa forma, o ambiente macroeconômico está relacionado à análise dos aspectos da economia que afetam o funcionamento da instituição.

Por outro lado, a microeconomia estuda relações mais específicas de oferta e demanda da empresa para com o público geral.

4 – Orientador financeiro

Como foi dito anteriormente, os economistas conseguem analisar o mercado financeiro.

Agora, de maneira mais pessoal, é o profissional mais capacitado para indicar aos clientes a melhor hora de investir, quais os melhores ativos, analisar rendimentos. Ou seja, utiliza sua capacidade de analisar os mercados para criar projeções futuras.

Onde economista trabalha?

5 – Estudos mercadológicos

Esse setor está relacionado com a análise microeconômica. Porém, nesse caso o economista trabalha de maneira mais específica, analisando a oferta e a demanda por um produto.

Dessa maneira, a análise é feita a partir dos possíveis consumidores, área geográfica e quantidade necessária para suprir tal demanda.

6 – Orçamentos

O ramo orçamentário é essencial tanto para o Estado quanto para o setor privado.

Nesse ramo, o economista trabalha no setor privado analisando e detalhando gastos e custos de produção, e explicitando investimentos a serem feitos.

Por outro lado, no setor público ele é responsável por planejar e acompanhar a lei orçamentária vigente naquele estado ou município, até mesmo no cenário federal.

7 – Setor público

A economia e a política andam de mãos dadas. O que, no caso, é uma ótima oportunidade de emprego para os economistas.

O governo é responsável pelo bom funcionamento da economia. Partimos então de que as pessoas e as empresas respondem a incentivos. Por exemplo, se os impostos de produtos importados forem reduzidos, as pessoas vão importar mais produtos.

Da mesma forma, as empresas também respondem a esses incentivos. Quando a taxa de juros está mais baixa por exemplo, as empresas investem mais. Portanto, o governo, na hora de tomar as decisões sobre quais políticas seguir, deve consultar um Economista.

Economistas, no setor público, tendem a ocupar muitos cargos no Ministério da Fazenda, onde são essenciais.

PEC 10/2020 - Orçamento de guerra - Afipea

8 – Criação de projetos

Outra possível atribuição para esse profissional é a busca por parcerias de investimento nacionais ou internacionais para financiar um projeto. O profissional fica, então, responsável por acompanhar o projeto e realizar estudos econômico-financeiros.

9 – Revisão de contratos

O economista pode trabalhar no RH de uma empresa, analisando contratos feitos entre a empresa e seus funcionários ou, ate mesmo, outras empresas.

Dessa forma, utiliza-se o conhecimento em matemática financeira para verificar erros ou até mesmo interpretar os dados fornecidos.

10 – Auditoria

É muito comum que nessa área o profissional de economia trabalhe com contadores, para realizar auditorias de modo a garantir a excelência na administração da empresa.

Portanto, o profissional atua na análise do fluxo de caixa da empresa, reconhecendo possíveis anormalidades e inconformidades.

👔💰 O Boletim Econômico é uma iniciativa de estudantes para estudantes. Por isso, se gostou do post, compartilhe com seus amigos e deixe-nos saber!

Related posts