O PIB – Produto Interno Bruto – tem como objetivo medir a atividade econômica e o nível de riqueza de uma região, a partir da produção realizada.

Ou seja, É a soma de todos os bens e serviços finais produzidos em um período, geralmente em um ano. Então, o que muda entre PIB Nominal e PIB Real? Vem com a gente e entenda aqui a diferença.

PIB Real × PIB Nominal

Antes de mais nada, quando se procura analisar o comportamento do PIB de um país ao longo do tempo, é preciso diferencia-lo entre PIB Nominal e PIB Real.

Dessa forma, o Nominal refere-se a somatória da quantidade produzida, multiplicado pelo preço de mercado(o preço no qual é comercializado) em um determinado período.

Já o Real é calculado a preços constantes de um ano-base. Eliminando assim o efeito da inflação. Veja um exemplo:

Vamos supor que, em um determinado país só exista dois produtos: arroz e feijão. Logo, vamos calcular o PIB Real e Nominal em dois anos diferentes a partir da tabela abaixo.

Tabela 1 – PIB Nominal de 2017, medidos a preços de 2017

Preço (R$)QuantidadeProduto (RS)
Arroz2,007001.400,00
Feijão5,003001.500,00
TOTAL2.900,00

Portanto, podemos analisar que o PIB nominal em 2017 do nosso exemplo foi de R$ 2.900,00. Logo, entendemos que o cálculo do PIB nominal de forma bem simplificada é a somatória quantidade produzida, multiplicado pelo preço de mercado.

Continuando…

Tabela 2 – PIB Nominal de 2018, medidos a preços de 2018

Preço (R$)QuantidadeProduto (RS)
Arroz3,008752.625,00
Feijão6,003301.980,00
TOTAL4.605,00

Dessa forma, o preço do PIB Nominal em 2018 do nosso exemplo foi de R$ 4.605,00, calculado da mesma maneira do ano de 2017 (quantidade X preço).

Contudo, para analisarmos o PIB Real vamos precisar deflacionar. Ou seja, manter o preço de um ano-base, pode ser qualquer um, vamos usar o de 2017.

Tabela 2 – PIB Real de 2018, medidos a preços de 2017

Preço (R$)QuantidadeProduto (RS)
Arroz2,008751.750,00
Feijão5,003301.650,00
TOTAL3.400,00

Portanto, mantendo os preços de 2017 (ano-base) com a quantidade produzida de 2018, deflacionamos o PIB. Dessa forma conseguimos calcular o PIB Real de 2018 que totalizou em R$ 3.400,00.

Veja também: O que é tripé macroeconômico e para que ele serve?

PIB Nominal

Calculamos o PIB Nominal com base nos preços de cada ano. Contudo, a comparação entre anos nos fornece uma informação imprecisa a respeito da produtividade da economia.

Para evitar qualquer interpretação errônea, os economistas calculam o PIB Real. Ou seja, a medida do PIB que remove o efeito da mudança de preços no PIB nominal.

PIB Real

Economistas indicam a utilização do PIB Real para avaliações mais consistentes da variação do PIB. Já que este leva em conta apenas as quantidades produzidas dos bens, e não as alterações de seus preços no mercado.

Para o cálculo do PIB são utilizados diversos dados, alguns produzidos pelo IBGE e outros de fontes externas.

Deflator PIB

A análise da variação do PIB exige o uso de um Deflator, ou seja, um índice utilizado para descontar o aumento dos preços, isolando o crescimento real das riquezas produzidas.

O deflator do PIB é uma estatística simples. O calculo é feito da seguinte maneira:

DEFLATOR = PIB Nominal ÷ PIB Real × 100

A divisão do Nominal pelo Real multiplicados por cem.

Como o Nominal e o Real serão iguais nos anos base, o deflator do PIB neste ano deve ser igual a 100.

Nos anos subsequentes, o deflator mede a variação do PN (PIB Nominal) sem atribuir variação no PR (PIB Real).

A importância do deflator do PIB é refletir as mudanças que ocorrem nos preços do mercado e, portanto, é usado para controlar o nível médio de preços na economia.

O cálculo da taxa de Inflação de um determinado ano leva em consideração, geralmente, o deflator do PIB deste ano em relação ao ano anterior.

Importância do Cálculo

Em resumo, o uso desses cálculos não é obrigatório no dia a dia. Entretanto, estar ciente deles tem sim sua importância.

É necessário ter o conhecimento de como caminha os números que nos afetam diretamente, afinal, a Economia é para todos. Conhecê-la e fazer seu uso faz dela uma grande ferramenta em nossos dias, mesmo nos mínimos detalhes.

Conte sempre conosco para aprender mais sobre Economia e seu vasto campo no conhecimento. 😉

Dúvidas ou sugestões? Comente abaixo e te ajudaremos.

Veja mais: Como o Brasil ganhou 500bi?