A pandemia do novo Coronavírus é um acontecimento histórico no mundo. Por causa disso, a União Europeia contabilizou uma queda histórica do seu PIB (Produto Interno Bruto) desde 1995.

Assim, parece que o pesadelo não acabou, já que a Europa passa por uma segunda onda de infecção.

Quer saber mais? Continue lendo que eu te explico.

Contabilização do PIB

A economia da União Europeia registrou no segundo trimestre do ano uma queda de 12,1% do PIB, tendo a Espanha como o país mais afetado. Esse é o maior recuo desde quando é contabilizado (1995).

Do mesmo modo, o primeiro trimestre também foi um recuo, mas não tão grande, de apenas 3,6%.

Queda histórica do PIB

Fonte: G1

Assim, o bloco econômico entra em uma situação de recessão técnica, na qual há uma queda do PIB em dois trimestres seguidos.

Para ter uma comparação, o PIB no mesmo período do ano anterior havia subido 0,1%. Como que em um ano esse PIB recuou tanto?

Provavelmente você já sabe a resposta, foi por causa da pandemia do novo Coronavírus.

• Veja também: PIB e PNB: Entenda a diferença

O Coronavírus e a queda do PIB

Esse vai ser um mal que irá abalar todo o mundo. Para se ter uma ideia, do G20 (grupo que contém as 20 maiores economias do mundo) apenas a China registrou um PIB positivo nesse trimestre.

Assim, esse era um fator já esperado, já que as economias dos países praticamente foram “tiradas da tomada”, devido a quarentena que foi uma medida de prevenção tomada na maioria dos países.

Para efeitos de comparação, o PIB no Brasil, no mesmo período, teve um recuo de 9,7%.

Porém, o que mais preocupa no atual momento é a segunda onda do Coronavírus na Europa.

União Européia - Geografia - InfoEscola

• Veja também: Por que a Argentina impôs regulação sobre o dólar?

A segunda onda pode agravar ainda mais o problema

Bom, todo esse problema de PIB foi originado pela queda de produção dos países, devido ao desemprego, falta de demanda e queda na renda das famílias, causados pelo coronavírus.

Porém, a vida estava voltando ao “normal” nesses países, do mesmo modo que acontece no Brasil. Mas, a situação está voltando a ficar complicada lá.

Dessa forma, uma segunda onda de infecção da COVID-19 está acontecendo, e, pode acontecer uma segunda quarentena na Europa. Na França, houve mais de 10 mil casos em um único dia, e a Espanha tem Madri como o epicentro da pandemia do COVID-19.

Assim, com a Organização Mundial da Saúde (OMS) aconselhou os países da Europa a fazerem novas quarentenas, e, caso ocorra isso, as consequências nós já sabemos.

Gostou do texto? Compartilhe com seus amigos.