É muito comum a gente ouvir sobre “a bolsa alcançou tantos pontos” nos jornais. Mas, vamos combinar, o pessoal lá fala isso, mas nunca explica o que isso significa, certo? E ai todo mundo fica “aaaah, a bolsa de São Paulo alcançou um patamar histórico”.

Tá, mas e daí? O que isso significa?  O que isso tem a ver com a minha vida? Bem, para todas essas respostas, o BE está aqui para facilitar as coisas. Por isso, vamos entender o que são esses pontos e para que servem.

Jeff Goldblum What GIF by The Late Late Show with James Corden

Ibovespa

Para início de conversa, esses pontos são valores referente ao Índice Bovespa, ou IBOV, e não a bolsa de valores em si. O Ibovespa tem esse nome porque é o Índice da Bolsa de Valores de São Paulo.

E, dentre vários significados, índice é uma lista com vários itens considerados de maiores importância. Bem, esse significado se refere aos índices de livros, mas aqui esse conceito vai funcionar muito bem também.

read suicide squad GIF

Isso porque o IBOV reúne algumas empresas que estão listadas na bolsa. Precisamente falando, as que possuem um maior volume de negociações. Como exemplo, a Petrobrás, AMBEV S/A, Magazine Luiza…

Ah, mas são sempre as mesmas empresas? Não, o Ibovespa é como uma carteira de investimentos. É importante que o investidor reavalie a sua regularmente, podendo colocar mais empresas, ou tirar. Dessa forma, a cada 4 meses é feito uma nova análise para ver quais empresas ficam e quais saem.

Você consegue ter acesso a essa relação de empresas clicando no botão abaixo.

E o IBOV 100 mil pontos?

Bem, cada ponto equivale a 1 real. Isso significa que se o IBOV está em 100 mil pontos, as empresas relacionadas estão valendo 100 mil reais. Quer dizer, a carteira que compõe o IBOV equivale a 100 mil reais.

Isso quer dizer que se o índice cai, a maior parte das empresas mais negociadas possivelmente fecharam as cotações no vermelho. O mesmo ao contrário, se o valor das cotações sobem o índice aumenta. Digo, se os pontos sobem, possivelmente boa parte das empresas se valorizaram.

Chris Hardwick Reaction GIF by Comedy Central

Como isso nos afeta?

Assim como investir é para todos, o mercado financeiro está bastante ligado ao nosso dia a dia. Provavelmente todo consumidor brasileiro já comprou produtos ou adquiriu serviços de uma empresa listada na bolsa. O mais comum, que podemos pensar, são os bancos.

E o IBOV costuma abranger os grandes bancos. E, claro, não só eles, mas outras empresas que convivem conosco no dia a dia. Então, se o IBOV cai, isso pode ser reflexo de várias empresas que tenham relação com você não esteja tão bem no curto-prazo.

Mas, lembre-se, ações são ativos para o longo prazo, foque nisso. Para entender mais sobre esse assunto e evitar dor de cabeça, leia sobre Análise Fundamentalista, um método de análise de ações desenvolvido por um dos bilionários do mundo. Clique aqui.

E, é essa questão de curto-prazo que está deixando os pontos meio doidos… o IBOV está tendo dificuldade em ultrapassar os 100 mil pontos. Além disso, podemos citar o início de 2020, quando em 23 de março estava em aproximadamente 63 mil pontos.

ibov sempre nos 100 mil pontos

Por que isso acontece?

Com isso, e depois de contextualizar o que é esse índice, podemos tirar uma conclusão para explicar o título do texto. Essa pandemia, somada às incertezas políticas, com mais “n” motivos, não colaborou para as ações e “segura a bolsa” nos 100 mil pontos.

Entenda melhor sobre o que fazer em meio as crises clicando aqui.

Até porque, renda variável varia, né? E, no curto-prazo, as notícias afetam profundamente o mercado. Uma notícia falando que vai sair a reforma tributária pode causar esperança nos investidores e subir o valor das cotações das empresas. Já uma notícia sobre a saída do secretário do Tesouro pode não ser tão boa e o IBOV cai… por ai vai.

ibov

A partir de agora, uma dica de curiosidade: sempre que sair uma notícia consideravelmente drástica, veja como está o IBOV. Essas notícias afetam a nossa emoção, quando nos preocupamos com o futuro do país, assim como afeta a “emoção” do mercado financeiro da mesma forma.

Mais um pouco sobre índices

Não é só no Brasil que existe um índice. Nos EUA, você encontra S&P 500, com as 500 empresas “mais” das bolsas NYSE e NASDAQ. Já na China, tem o CSI300, que reúne as 300 maiores empresas de Xangai e Shenzhen.

E, curiosamente, é possível negociar índice. Ou seja, você pode investir no IBOV. Para isso, você pode utilizar vários tipos de investimento, entre eles, estão:

  • ETF – Renda Variável;
  • Futuro Mini de Ibovespa;
  • Opção sobre Ibovespa;
  • Opção Flexível de BOVA11.

Ah, opções não são opções binárias, tá? Entenda em Opções Binárias: aposta ou investimento?

Por fim, esses tipos de investimento são para investidores de perfil mais arriscado. Então se você for iniciante no mercado, evite esse tipo de ativo.

Aretha Franklin Reaction GIF ibovespa

Outra coisa, é que o IBOV pode ser usado como benchmark em fundos de renda variável. O benchmark é uma “taxa base”.

Se o fundo conseguir valorizar mais do que o seu benchmark, significa que quem trabalha no fundo trabalhou tão bem que ganhará uma “comissão” pelo seu serviço, chama-se taxa de performance e é previamente definida.

Assim, espero que tenha ficado claro sobre o que é um índice e como ele age. Fique de olho no mercado financeiro, porque ele diz muito sobre nosso dia a dia. E, para você que já investe ou já está quase, bons estudos e bons investimentos!

E se você viu aqui qualquer palavra desconhecida e ficou confuso sobre ela, indico ler nosso “mini dicionário” com as palavras que todo investidor deve conhecer. Para saber mais, clique nos links abaixo.