No último mês, o congresso brasileiro aprovou o saque emergencial de R$ 600,00 a R$ 1200,00 na intenção de segurar a economia do país de um eminente colapso. 

Ainda, muitas pessoas estão confusas com o calendário do saque e quando e como será liberado o dinheiro. Ainda mais, não entendem porque o status de aprovação não muda no aplicativo.

Hoje, o BE vem te dar mais algumas informações sobre o saque.

Anteriormente falamos sobre quais pessoas poderiam recorrer ao auxílio. Para ler cobre, clique no botão abaixo.

Em qual ordem as pessoas recebem o auxílio?

Primeiramente, é preciso entender que o saque será feito de acordo com categorias. Dessa forma, o governo possui mais controle sobre quais pessoas estão sacando e quais grupos são prioridade.

1. Trabalhadores do Cadastro Único

A primeira categoria de pessoas a receber o auxílio de R$ 600,00 foi a de trabalhadores já registrados no CadÚnico. Assim, se você estava cadastrado no programa antes do dia 20 de março de 2020, seu saque emergencial foi aprovado antes das outras pessoas.

Vale lembrar que, se você estava nessa categoria e não recebeu o benefício ainda, algo pode estar atrapalhando a sua aprovação. Estar dentro dos requisitos estabelecidos pela CAIXA é essencial.

Dentro desta categoria, a ordem de recebimento foi feita de acordo com a data de aniversário. Por isso, as datas foram:

  • Terça-feira (14): Recebem os nascidos em janeiro;
  • Quarta-feira (15): Recebem os nascidos em fevereiro, março e abril;
  • Quinta-feira (16): Recebem os nascidos em maio, junho, julho e agosto;
  • Sexta-feira (17): Recebem os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro.

saque emergencial, banco

2. Trabalhadores que se inscreveram no CadÚnico após 20 de março

Logo após a primeira categoria, vem aqueles trabalhadores que se inscreveram no programa após o dia 20 de março.

Antes de mais nada, é importante lembrar que você deve se inscrever pelo site ou app oficiais da Caixa. Clique aqui para ser redirecionado ao site oficial do auxílio.

As pessoas que se cadastraram após o dia 20 de março começaram a receber suas respostas na sexta-feira, dia 17 de abril. Ainda, receberam no dia 17 os trabalhadores que possuem conta bancária na Caixa Econômica.

Logo depois, no dia 18, todos aqueles possuem contas bancárias em outro banco além da Caixa.

Na segunda, dia 20, começam a receber os trabalhadores que não declararam seu banco no cadastro.

Assim, a última categoria, de pessoas que não declararam sua instituição bancária, receberão por meio da conta Poupança-Social Caixa. Estes indivíduos só poderão realizar o saque a partir do dia 27 de abril, e a ordem será feita por meio das datas de aniversário.

  • 27 de abril – nascidos em janeiro e fevereiro;
  • 28 de abril – nascidos em março e abril;
  • 29 de abril – nascidos em maio e junho;
  • 30 de abril – nascidos julho e agosto;
  • 04 de maio – nascidos em setembro e outubro;
  • 05 de maio – nascidos em novembro e dezembro.

Ainda, vale lembrar que os saques deverão ocorrer em lotéricas ou caixas automáticos da Caixa Federal.

Deste modo, se você tiver qualquer problema em retirar o dinheiro, entre em contato com a Caixa. De acordo com o banco, isso pode ser feito pelo aplicativo do saque ou pelo telefone de contato 0800 726 0101.

auxílio emergencial

3. Beneficiários do Bolsa Família

Da mesma forma, os beneficiários do Bolsa Família receberão o auxílio. Eventualmente, os inclusos no programa possuem um calendário exclusivo deles. Ainda, a ordem do saque emergencial deste calendário atende à sequência do número NIS:

  • Quinta-feira (16): último digito do NIS é igual a 1.
  • Sexta-feira (17): último digito do NIS é igual a 2.
  • Segunda-feira (20): último digito do NIS é igual a 3.
  • Quarta-feira (22):  último digito do NIS é igual a 4.
  • Quinta-feira (23): último digito do NIS é igual a 5.
  • Sexta-feira (23): último digito do NIS é igual a 6.
  • Segunda-feira (27): último digito do NIS é igual a 7.
  • Terça-feira (28): último digito do NIS é igual a 8.
  • Quarta-feira (29): último digito do NIS é igual a 9.
  • Quinta-feira (30): último digito do NIS é igual a 0.

Por fim, se você não conseguiu a aprovação do auxílio emergencial, reveja suas informações. Ainda mais, vale ressaltar que muitas pessoas erraram ao se cadastrar, o que pode ter sido o motivo da não-aprovação. 

Do mesmo modo, é importante lembrar que o saque emergencial é uma forma de ajudar a economia em tempos de crise. Por isso, se você não se enquadra nos grupos permitidos, não tente burlar o sistema!

Desde que todos tenham responsabilidade, a crise do coronavírus poderá ser enfrentada!