Bem, a B3 é a nossa conhecida bolsa de valores, com sede em São Paulo. Pode até ser engraçado pensar, mas ela é uma empresa. E, não atoa, está listada na bolsa para quem quiser comprar suas ações: é a B3SA.

Neste caso, a B3 foi capaz de criar um monopólio e se tornar a bolsa de valores mais importante do Brasil. Para entender isso, vamos entender como ela surgiu.

monopólio?

A B3

Começando láaaa em 1917, quando nasceu a Bolsa de Mercadorias de São Paulo. Depois, em 1985, surgiu a Bolsa Mercantil de Futuros… pegou a ideia do “BM&F”?

Mas então, te contei dessas duas bolsas, porque, em 1991, elas se juntaram. E, mais tarde, se tornaram um grande espaço de negociações de derivativos.

Lembra que derivativos se referem ao mercado futuro? Qualquer coisa, lê esse texto aqui.

Aí foi, que em 2008, se juntaram à Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa, tsc tsc 😉). E veio a BM&FBOVESPA (olha, como tudo encaixa). Agora, chegando no fim da jornada, entrou a Cetip, a Central de Custódia e Liquidação Financeira de Títulos, também importante na negociação de títulos de renda fixa.

b3

Curiosamente, essa última junção ocorreu em 2017, formando a B3. Mas esse 3 não vem por causa das bolsas. O B3 significa Brasil, Bolsa e Balcão. Bolsa, por conta da bolsa de valores, Balcão, do mercado de balcão e, Brasil, possivelmente o título do texto explica 😉.

O Monopólio

Bem, quem é de BH já deve ter visto que existe uma bolsa aqui que não é a B3. E, se não viu, fica lá na Afonso Pena, 2093. Esse imóvel com BOVMESB escrito em cima, olha:

Fonte: Google Maps

Essa é a Bolsa de Valores Minas-Espírito Santo-Brasília, por isso que BOV de bolsa de valores. Aí o M, ES e B, já sabe. Mas esse tanto de lugar junto poderia ser uma super bolsa, ne? Só que, mesmo juntando três grandes centros, em 2000 foi assinado que certas atividades seriam realizadas pela Bovespa e a CBLC.

Ok, tudo pode estar um pouco confuso agora, mas, vamos lá: em 2000, a Bovespa atuava sozinha. A CBLC também trabalhava com Liquidação e Custódia (lembrando a Cetip). Mas, é importante falar sobre a BOVMESB, primeiro para os mineiros, capixabas e brasilienses curiosos e, segundo, para mostrar a força que a B3 tem.

Porque, bem, as atividades encerradas pela BOVMESB foram de negociação, compensação, liquidação e custódia de valores mobiliários, que é muita coisa importante.

Oh My God Reaction GIF

Ou seja, a Bovespa, desde 2000, já tinha uma força para tomar mercados. Além disso, a BM&F, já no final dos anos 90, não apenas negociava muitos derivativos, como era referência no Mercosul!

Isso quer dizer que não estamos falando de pequenas empresas se juntando, mas grandíssimas empresas se unindo para tomar grandes mercados.

O monopólio é ruim?

Esse peso que a B3 tem no mercado brasileiro gera a ela grandes lucros e dificulta ainda mais o surgimento de novas bolsas. Apesar de alguns sites falarem sobre o possível fim do monopólio, é muito caro fortificar uma nova bolsa no país. Além de que, a cada ano que passa, a B3 se torna maior e melhor.

Apesar de termos uma bolsa de valores altamente reconhecida, o monopólio, em si, não é visto com bons olhos. Isso porque a concorrência para a economia é algo saudável. Visto que, em diversos casos, contribui para haver investimentos em tecnologia e preços mais acessíveis.

E, por esse motivo, a B3 cobra o preço que quiser sobre seus investidores. Até que, neste ano, 2020, a empresa zerou a manutenção mensal de conta. Não a toa, a XP reduziu a sua taxa de corretagem e zerou a da corretora Rico.

Mas ainda, assim, a Brasil, Bolsa e Balcão pode estar cobrando tão alto quanto poderia ser. Até porque ainda existem tarifas nas negociações feitas. E, por isso, um dos maiores investidores individuais do Brasil, Luiz Barsi, considera ruim esse monopólio.

donald duck disney GIF

E, ai, eu faço até uma reflexão, sobre day trade: se os impostos já são caros, se a chance de ganhar é desconhecida e ainda você paga por negociação para a B3… será que dá mesmo para ficar rico assim? Para isso, leia a importância da Análise Fundamentalista e como fazer.

Voltando, lembre-se: dificilmente, monopólio vai ser algo bom para os consumidores. Isso funciona até para a B3, que estimula a concorrência (irônico, não?). E, por isso, é importante conhecer esse preço que você paga por investir.

Por fim, espero que tenha ficado tudo claro. A ponto de você valorizar a renda variável para longo prazo, como também, a importância de fazer boas escolhas.

Então, bons estudos e bons investimentos!